Copa Internacional MTB

Henrique Avancini e Raíza Goulão vencem a Maratona da CIMTB 2020 em Araxá

on

Henrique Avancini comemorando vitória na XCM (Foto: César Delong)

Seis vezes campeão da etapa da CIMTB Michelin em Araxá, Henrique Avancini mantém a sequência de vitórias com a prova de Cross Country Maratona (XCM) neste sábado (7). Logo atrás, o também campeão mundial, o colombiano Hector Leonardo Paez terminou em segundo e completando o pódio, Bruno Lemes (Trek Brasil). No feminino, Raíza Goulão (Corinthians Audax Bike Team) ganhou com dois segundos de diferença da argentina Paula Quiros (Vairo – Gilibike) e Karen Olímpio (Corinthians Audax Bike Team) segurou o terceiro lugar.

No percurso da Maratona foram cerca de 3 km de subida acumulada em 60 km de prova, dificuldades que não intimidaram os atletas da Super Elite. “Eu sabia que hoje a prova seria um pouco diferente, estou competindo com atletas sensacionais e num percurso como esse, sem nenhuma trilha, ainda furei o pneu na primeira descida e tive que reparar, mas não foi o suficiente. Perdi na primeira volta, só na segunda consegui trocar o pneu e consegui recuperar, na última foi mais um teste de sobrevivência, lado a lado com o Paez”, relatou Henrique Avancini.

O atleta colombiano Hector Paez chegou preparado para as dificuldades da prova. “Eu já sabia que seria uma corrida muito difícil e que não ia me favorecer, principalmente na subida onde eu tentei forçar, tive um problema mecânico e fiz a primeira volta bem atrás do pelotão, mas depois recuperei. É minha primeira vez em Araxá e está sendo uma ótima experiencia” , contou.

Elite Feminina
Com a equipe feminina, a prova foi realmente acirrada nos metros finais e dois segundos garantiu à atleta Raíza Goulão a primeira colocação e agora ela tem 36 segundos de diferença em relação à argentina Paula. “Tenho que agradecer minhas parceiras, pois foi um trabalho de equipe muito importante, ainda tem mais um dia de prova e o que vale é a geral, mas estou muito feliz”, disse.

Raiza Goulão comemora vitória na XCM. (Foto: César Delong)

A argentina Paula Quiros ficou com a segunda colocação e mantém a camisa de líder depois de vencer o XCT e o XCC. Uma prova de superação, apesar de não ser uma especialista em maratona. “A Raíssa é muito forte então busquei aguentar e minha intenção era não perder tempo. Creio que saiu tudo bem para mim mas ainda não há nada decidido. Amanhã é um dia muito importante e ainda não tem nenhum campeão”, concluiu.

Recommended for you

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novo