Notícias

Shimano Fest cresce 170 % e indica evolução do setor de bicicletas

on

Mais de 40 mil visitantes e 7 mil lojistas foram ao festival de bicicletas referência da América Latina e geraram cerca de R$ 35 milhões em negócios. (Foto: Fernando Siqueira)

A décima edição do Shimano Fest, o maior festival de Bicicleta da América e principal termômetro deste setor, apresentou recordes que reforçam o crescimento do mercado das duas rodas. Durante os quatro dias do evento no Memorial da América Latina, mais de 220 marcas (+16% em relação ao evento do ano passado) se reuniram no Espaço Expo para receber cerca de 40.500 mil pessoas (+25%), sendo destes 7 mil lojistas (+8%), que proporcionaram a movimentação de mais de R$ 35 milhões em negócios (+169%).

“O resultado do Shimano Fest vem comprovar a tendência de evolução do setor, impulsionado pela mobilidade urbana e pelo uso da bicicleta para prática esportiva. Nestes 10 anos de evento, observamos aumentos sequenciais, tanto em público quanto em volume de negócios”, comenta Fabio Takayanagi, presidente da Shimano nas Américas Latina e Vice-Presidente de Venda e Produção das fábricas da Shimano no mundo. Desde que começou em 2010, o festival cresceu 25 vezes, saindo de pouco mais de 1.600 visitantes para 40.500 neste ano. “O que mais nos orgulha é o fato do evento conseguir receber um público bem diferenciado, formado por diversas tribos, do lojista ao esportista, passando principalmente pela família, do idoso até a criança que ainda está dando as primeiras pedaladas. É realmente um evento que busca difundir a cultura da bicicleta, reforçando conceitos como saúde, bem estar, qualidade de vida, e sustentabilidade”, completa o executivo.

Realizado na última semana, de 22 a 25 de agosto, o Shimano Fest ainda trouxe outros números que ilustram bem o momento do mercado de bikes. O bicicletário recebeu 3200 bicicletas ao longo dos 4 dias e 3700 pessoas realizaram testes nos 130 modelos de bicicletas. No total forma 75 atrações espalhadas por 7 diferentes espaços montados. A vanguarda do tema também ampliou a cobertura do evento pela mídia. Passaram pelo Memorial da América Latina, 128 profissionais da imprensa, entre jornalistas e fotógrafos, de 69 veículos diferentes que geraram mais de 320 matérias sobre o evento.

Comunidade e Sustentabilidade – uma das novidades do Shimano Fest foram os Workshops com ciclistas de aplicativos de Delivery, profissionais que utilizam a bicicleta como uma alternativa de geração de renda. Os encontros reuniram mais de 200 ciclistas que receberam orientações de comportamento e segurança para um convívio melhor entre pedestres, automóveis e outros ciclistas.

E, seguindo a essência da bicicleta em ser um modal de transporte amigo da sociedade, os visitantes do Shimano Fest doaram mais de 5,5 toneladas de alimentos não perecíveis (+9%) que foram destinados às instituições como a Casa da Prece Chico Xavier e o Lar Nossa Senhora Aparecida.

Novidades do Setor
Quem passou pela área de exposição pôde visitar os stands de 139 expositores, ver as 220 marcas representadas e conhecer as principais novidades do mercado para os próximos 12 meses, entre bikes, peças, equipamentos, vestuário, acessórios, entre outros.

A Shimano levou ao evento os novos grupos Deore XT M8100 e SLXM7100 que prometem trazer mais performance aos ciclistas de MTB. Outra novidade apresentada foi o primeiro grupo especialmente voltado para o Gravel, o GRX, exposto ao lado dos modelos de capacetes da linha LAZER, recém-introduzidos no mercado.

Para Juliano Xavier, Diretor de Operações da Blue Cycle Distribuidora (BCD), o Shimano Fest superou as expectativas. “Com dois dias exclusivos para o trade, conseguimos atender os lojistas que vieram de todas as partes do Brasil de forma mais customizada e próxima”. Uma das novidades que a BCD trouxe ao festival foi o lançamento do seu portal de produtos na internet. Um catálogo completo, com mais de 5.400 produtos, que permitirá ao lojista fazer a compra diretamente pelo site, além de consultar os preços sugeridos, imagens e a ficha técnica dos produtos. E com a imagem ampliada, é possível a identificação de cada componente que compõe os produtos, dando mais agilidade e precisão no momento de aquisição das peças de reposição.

A mineira Sense Bike praticamente dobrou a sua linha de bicicletas para 2020, com 37 novos modelos, a maior entre as fabricantes nacionais. Destaque para o lançamento da linha Grom direcionada ao mercado infanto-juvenil, com aros de 16, 20 ou 24 polegadas. Além das novidades, a marca oficializou a presença da Swift Carbon no Brasil, empresa especialista no desenvolvimento de bikes de estrada e triathlon em fibra de carbono, que nasceu na África do Sul e foi comprada pela Sense em 2018, em uma estratégia para trazer produtos de elevada qualidade para nosso mercado.

A Dorel Sports esteve presente no Shimano Fest com suas cinco marcas comercializadas no Brasil: Caloi, Cannondale, GT, Schwinn e Fabric. Foram mais de 40 lançamentos de bikes e diversos acessórios. Destaques para a Caloi Aspen Way 1, uma bicicleta de alta performance que chegou para reviver o modelo Aspen lançado em 1989; e a Cannondale SuperSix EVO Hi-MOD Disc Dura Ace Di2, uma road de corrida que está repaginada para ajudar o atleta a voar.

“Para a Caloi que vem participando do Shimano Fest desde o início, este ano está muito produtivo. É uma semana que reunimos a maioria dos Bike Shops do Brasil aqui em São Paulo, com muito movimento e negócios gerados. E para esta edição fizemos algo diferente. Dividimos a Caloi em um espaço dedicado, onde colocamos nossos principais lançamentos, com destaque para a Caloi E-vibe Easy Rider, a Bicicleta elétrica mais acessível do mercado com custo-benefício excelente, freio hidráulico e motor de 250 Watts; e a Supra uma aro 29 a 999 reais, reforçando o papel da Caloi em democratizar a bicicleta. Além disso, criamos um espaço dedicado para a Cannondale, a nossa marca Global, onde temos o grande lançamento que é a nova Super Six EVO”, comenta Eduardo Rocha, diretor de marketing da Caloi.

Para Caio Salerno, diretor da Groove, o Shimano Fest foi um evento bem interessante para a empresa. “Além da fomentação e incentivo ao uso da bicicleta e a oportunidade de apresentar a marca e os modelos 2020 para o público final, efetivamos muitas vendas nos dois dias destinados aos lojistas”, comemora. As estrelas da marca foram os modelos MTB Rhythm com quadro de carbono e os novíssimos componentes Shimano SLX e XT com 12 velocidades e cassete de 12-51. Com as mesmas características, outros modelos que ganharam evidencia no stand foram as MTB Riff que apresentaram quadro em alumínio Boost de 148mm reformulado e eixo traseiro com 12mm. “Destaque também para as nossas Balance Bikes disponíveis em quatro cores, brinquedo ideal para a fabricação de novos ciclistas”, ressalta Salerno.

A Oggi levou um universo de possibilidades ao Shimano Fest, desde dois Tuk Tuks que fizeram o transporte de famílias e crianças por todo o evento até os lançamentos da linha 2020. Destaque para uma atividade realizada no stand da marca onde os visitantes pedalavam duas bikes lado a lado, que geravam energia no rolo de treino. Havia ainda um cachorro animado para alegrar o stand e trazer interação com as crianças e um display que mostrava uma bike em três dimensões.

A GTSM1 investiu este ano nas bicicletas modelo FAT e aproveitou a feira para lançar a primeira FAT BMX do Brasil. Montada num quadro com design arrojado, inovador e cores marcantes, o modelo foi a grande estrela do stand.

A Isapa levou novidades de diversas marcas como a Giro, Kenda, Park Tool, Bell, Absolute, Finish Line. Destaque para a chegada da norte americana Óculos 100%, utilizada pelo multicampeão Peter Sagan, que passa a ser distribuída oficialmente no Brasil pela primeira vez. “Foi uma participação excelente, tanto em termos de visibilidade quanto de negócios. Conseguimos mostrar uma Isapa diferente, com um estande bastante tecnológico e interativo, ativações de realidade virtual e totens com o catálogo virtual. O Shimano Fest mostrou evolução quanto à estrutura. Não só o evento em si, mas as empresas também vieram com uma apresentação diferente, o que valorizou demais a experiência de quem passou por aqui”, ressalta Francis Resende, gerente de marketing da Isapa.

A Pedalla, fabricante nacional especializada em e-bikes, inaugurou a sua participação no Shimano Fest neste ano, em um estande compartilhado com Edu Capivara, da Pedaleria, patrocinado pela empresa. “Não criamos expectativas de vendas. Nosso principal objetivo foi divulgar a marca, os lançamentos e, principalmente, o nosso modelo de negócios, o que foi amplamente alcançado”, comemorou Raphael Quevedo, Engenheiro de Produto, Qualidade e Produção da Pedalla Bikes. As vendas da empresa são feitas pelo site no modelo B2C, diretamente ao consumidor ou por intermédio de parcerias com os lojistas. Neste último caso, o modelo de bicicleta escolhido pode ficar exposto para divulgação e experimentação, sem a necessidade de compra. “Com a divulgação no evento e os lançamentos, a previsão é que haja um crescimento de 50% nas vendas em 2019”, detalha o engenheiro.

A Bike Elíptica da OnEll foi uma das novidades do evento, tanto em exposição, quanto à disposição no Test Ride aos visitantes. “A OnEll foi inspirada no exercício elíptico da academia. Ela tem ajudado na recuperação de lesões e na melhoria da performance de atletas, em diversos segmentos esportivos. Seu pedal em pé (stand up), movimenta diversos músculos do corpo e proporciona um treino divertido, de baixo impacto e alta queima calórica. Na feira tivemos a oportunidade de apresentar todos esses benefícios. Foi uma experiência incrível”, fala Brian Brewer, CEO e criador do conceito OnEll.

A FKS, marca mineira com dois anos de desenvolvimento, oito meses de mercado e que vende bikes diretamente para o consumidor final, teve a oportunidade de apresentar no Shimano Fest alguns dos seus primeiros modelos lançados em janeiro. Quatro bikes de alumínio e duas de carbono com caixa de direção tapered, cabeamento interno e soldas smooth. Outro destaque foi a apresentação da nova linha de acessórios e óculos novos.

Para Robson Vedana, diretor da Kode Bikes, foi um prazer participar do evento que se tornou uma referência para o mercado de bicicleta no Brasil. “Estamos muito satisfeitos com o retorno obtido e por termos nos aproximado mais dos nossos clientes e consumidores. Estamos ansiosos pelo Shimano Fest 2020”, comenta.

A empresa de aros e rodas de Londrina, a VZAN, mostrou a roda Slope para a linha 2020, um modelo com aro mais largo. Ela segue a tendência atual com 26mm de largura interna e tubeless ready, raios trefilados e cubos com rolamentos e eixos intercambiáveis, sendo compatível com blocagens e nos padrões de 15x100mm na dianteira e 12x142mm na traseira.

Números do Shimano Fest 2019
40.500 Visitantes
7.000 Lojistas (pessoas representando as lojas)
220 Marcas em Exposição
139 Expositores (empresas)
R$ 35 Milhões em negócios
22mil m2 de área de evento
128 jornalistas
69 Veículos de imprensa
Mais de 320 matérias publicadas (196 durante a semana do evento)
R$ 8 milhões de Retorno em Mídia Espontânea
3.700 participantes do test-ride
4.000 Participantes Pedal Santuu
500 Participantes Pedal ABC
3.200 usuários do bicicletário
5,5 Toneladas de alimentos doados.

Recommended for you

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *