Copa Internacional MTB

Edson Rezende e Karen Olímpio vencem o Desafio da Ladeira de Congonhas

on

Pódio feminino. (Foto: Alemão Silva)

Abrindo as competições da etapa decisiva da CIMTB Michelin, quase cem competidores chegaram ao seu limite durante o Desafio da Ladeira, realizado na sexta-feira (16), em Congonhas (MG). A prova somou 25 pontos no campeonato para os primeiros colocados, o que fará toda diferença para decidir os campeões da temporada 2019 da CIMTB na Maratona. Na bateria que compôs as categorias masculinas Super Elite, Sub17, Júnior, Sub30, Sub35, Sub40, Sub45 e Sub50 a disputa foi grande.

Edson Gilmar de Rezende Júnior (Caloi Avancini Team) foi quem levou a melhor, em seguida o veterano Rubinho Valeriano (Sense Factory Racing) e fechando o pódio, em terceiro lugar o atleta da Sub-23, Alex Júnior Malacarne (Specialized).

Com a pontuação máxima garantida, o campeão Edson Rezende que é Sub23, teve que dar seu máximo para completar os 700 metros da subida com destino à Basílica do Bom Jesus do Matozinhos. “Foi muito difícil vencer, eu sabia que ia doer, mas sabia também que o resultado valeria a pena. Na largada eu não saí na frente, mas quando inclinou consegui abrir vantagem e administrei a força para conseguir chegar em primeiro, estou muito cansado e muito feliz”, afirmou.

Com sete segundos de diferença, Rubinho Valeriano usou estratégia para somar 21 pontos e ficar mais próximo da vitória geral pela sétima vez. “É uma prova muito explosiva e não tem como abrir vantagem logo no início, foi preciso ter calma e na medida que fui pedalando achei o ritmo”, lembrou.

Com alto desempenho, Alex Malacarne (Specialized Racing BR) que integra a categoria Júnior, disputou o desafio pela primeira vez e deixou seu rastro na conquista da terceira colocação disputando lado a lado com os veteranos “Fiz a prova para sentir como é o ritmo e é uma prova muito dura e mesmo sendo uma prova curta deu para ganhar experiência, fiquei muito feliz com o resultado”.

Super Elite Feminina
Junto com a Super Elite feminina, também compôs a bateria atletas das categorias femininas Sub17, Junior, Sub30, Sub40, Sub50 e Over50. Assim como para os homens das categorias CIMTB Michelin, a prova exigiu o máximo de concentração e fôlego das ciclistas para encarar o desafio da famosa ladeira de pedra-sabão. Quem levou a melhor foi Karen Olímpio (FKS Bike), logo atrás Marcela Lima (Caloi Avancini Team) e em terceiro Jaqueline Mourão (Sense Factory Racing).

Foram necessários pouco mais de 4 minutos para Karen completar o percurso e garantir 25 pontos. “Foi um pouco fora do que eu esperava, as meninas foram com um ritmo muito forte, mas eu não deixei de acreditar em nenhum momento, no último desafio eu consegui vencer, então vim buscar mais essa vitória, estou muito feliz com meu desempenho, cheguei no meu limite e agora é me recuperar para a maratona”, contou.

Com apenas dois segundos de diferença, Marcela Lima se consolidou a vice-campeã da temporada. “Não é um esforço curto, porque precisa puxar muito para manter mas me segurei bem e consegui esse resultado hoje, foi incrível”, contou.

Em busca de pontos para aumentar a diferença na classificação geral, a atleta Jaqueline Mourão agora têm uma vantagem de 16 pontos sobre Letícia Cândido (Corinthians Audax Bike Team) na pontuação geral. “Já são cinco semanas que estou disputando direto sem ir para casa, mas decidi correr no Desafio, é minha primeira participação e essa mulherada não está para brincadeira, foi cansativo mas valeu muito a pena, estou muito feliz pois esse resultado me deixa mais perto do meu objetivo”, finalizou.

Copa Sense Bike
A prova ainda soma pontos para os atletas que estiverem no TOP15 das categorias da Copa Sense Bike Expert, Cadete, Master, Veterano, Peso Pesado e Segurança Pública, que largaram em uma bateria. O vencedor, Diego Trigueiro, da categoria Cadete, terminou com o tempo de 3:00.314, milésimos de segundos abaixo do campeão da bateria da Super Elite, Edson Rezende que fez em 3:00.609. André Zanini Marineti finalizou como vice-campeão com 3:35.200. O terceiro colocado, Túlio Faria (Fly Ingetados), concluiu com 3:41.710. A quarta colocação ficou com o atleta Gustavo Ralf (FKS Factory Racing) que fechou a prova com 3:43.486.

“A largada foi bem forte e consegui sair na frente, mas não consegui acompanhar todo o percurso. Foi a primeira vez que disputei o Desafio da Ladeira e achei difícil, principalmente por conta das pedras-sabão que não dão tanta aderência com o pneu da bike. Apesar do alto nível, gostei da prova e fiquei feliz em com a minha participação”, concluiu o atleta FKS Factory Racing, Gustavo Ralf.

Recommended for you

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *