Campeonato Brasileiro

Ribeirão Preto conquista três medalhas no Brasileiro de Estrada Elite

on

Equipe de Ribeirão Preto na prova de resistência. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

A equipe de ciclismo de Ribeirão Preto fechou o Campeonato Brasileiro de Estrada com três medalhas, sendo duas de prata, conquistadas por Cristian Egídio e Alessandro Guimarães e uma de bronze, conquistada por Rodrigo do Nascimento.

Cristian Egídio durante a crono. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

As medalhas de Egídio e Rodrigão vieram na sexta-feira, dia 28 de junho, na prova de contrarrelógio individual, realizada na abertura do Campeonato Nacional em Paulínia (SP).

A prova aconteceu em um circuito nas imediações do Parque Brasil 500, com muitas curvas e algumas subidas técnicas, o que exigiu muita atenção dos competidores. Egídio fez uma boa prova e concluiu os 29,6 km da prova em 37min54seg724, resultado que lhe garantiu a prata. Já Rodrigão cravou 38min00seg175 e garantiu o bronze. A medalha de ouro ficou com André Gohr.

Pódio da crono. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

O medalhista de prata falou sobre a conquista. “Estou feliz com a segunda posição, mas, principalmente, com o desempenho. Tivemos um plano estratégico muito bem executado, o planejamento nos deixa tranquilo para chegar no momento decisivo e ter tranquilidade para tomar decisões”, disse.

Veja com foi a prova de resistência

A medalha de Alessandro Guimarães foi conquistada no domingo (30), na prova de resistência disputada no mesmo circuito, com apenas algumas mudanças. Foram 21 voltas para o pelotão, o que totalizou 175 km. Indinho, como é conhecido o ciclista de Ribeirão, chegou com mais dois ciclistas e no sprint, garantiu a prata, mesmo resultado conquistado por ele em 2018, quando ainda defendia a Rio de Janeiro Cycling Team. A vitória ficou com Vitor Zucco.

Alessandro ficou com a prata no sprint. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

“É gratificante conquistar um pódio numa competição tão importante, uma das principais do ciclismo nacional. Tudo isso é fruto de muito trabalho, muita dedicação. Ainda sou jovem, mas sei que estou no caminho certo, esse resultado é prova disso”, afirmou.

O técnico Marcelo Donabela e o medalhista Alessandro Guimarães. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

Recommended for you

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Novo