DH

Gabriel Giovannini e Mariana Lopes conquistam o brasileiro de DH de 2019

on

Giovannini e Mariana foram mais rápidos na descida final da modalidade, registrando os tempos de 2min33seg249 e 3min34seg407, respectivamente, e levaram para casa a medalha de ouro da prova disputada em Mairiporã-SP. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

A modalidade downhill foi a responsável por encerrar com chave de ouro a edição inédita do Cannondale MTB Festival, evento que reuniu quatro campeonatos brasileiros durante três dias. Na tarde deste domingo (21), os pilotos Gabriel Giovannini e Mariana Lopes foram os mais rápidos a pedalar os 1.480 m da pista construída no Instituto Mairiporã, na Serra da Mantiqueira, em São Paulo, e assim sagraram-se campeões nacionais em 2019.

Gabriel durante a descida em Mairiporã. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

Filho do nove vezes campeão brasileiro Miguel Giovannini, lenda do downhill brasileiro, Gabriel classificou-se na segunda colocação para a final e assim foi o penúltimo a se apresentar. Ao finalizar sua descida em 2min34min770, assumiu o posto de líder, que até então era de Bernardo Cruz, com 2min37seg822. A confirmação do título inédito em sua carreira veio logo em seguida, após o vice-campeão, Roger Vieira, encerrar a competição com o tempo de 2min34seg770.

“Este é um título que meu pai conquistou nove vezes e pelo menos chegar a fazer uma vez o que ele fez é muito emocionante. Era o único título nacional que eu não tinha, estou muito feliz com isso”, contou Gabriel.

Pódio masculino. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

“Tenho muita vontade de ir para fora, tenho planos para isso. Esse ano foi meio conturbado, estou voltando de lesão agora, com a cabeça girando muito com um monte de coisas, mas deu tudo certo. Fiz uma descida muito boa e só tenho a agradecer. Mas consegui voltar depois de quatro meses parado. Vamos ver se ano que vem dá tudo certo e eu vou para exterior brigar com os grandes do mundo”, completou.

Elite feminina – Na competição feminina, Mariana Lopes confirmou o favoritismo após ser a mais rápida na etapa classificatória. Ela registrou o tempo de 3min34seg407, deixando para trás a campeã brasileira de 2018, Laís Flecke, que concluiu sua descida em 3min47seg511. Bárbara Jechow (3min53seg53), Karina Kosmala (4min12seg353) e Ana Maria Xavier (4min18seg547) completaram o pódio da categoria.

Mariana durante a prova em Mairiporã. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

“Achei a pista animal. O Campeonato Brasileiro tirou onda com a montagem dessa pista, muito bem feita, muito técnica. Foi adrenalina total e estou muito feliz de ser campeã. O ano inteiro de treinamento, focando na descida mais forte possível pra conseguir chegar na frente. As meninas andam muito, mas estou feliz por esse título conquistado”, comemorou Mariana.

Pódio feminino. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

Top 5 elite masculina
1-Gabriel Giovannini – 2min33seg249
2-Roger Vieira – 2min34seg770
3-Bernardo Cruz – 2min37seg822
4-Walace Miranda – 2min37seg996
5-Mauricio Cirne – 2min41seg047

Top 5 elite feminina
1-Mariana Lopes – 3min34seg407
2-Lais Flecke – 3min47seg511
3-Bárbara Jechow – 3min53seg351
4-Karina Kosmala – 4min12seg353
5-Ana Maria Xavier – 4min18seg547

Recommended for you

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *