OUTRAS NOTÍCIAS

IRONMAN 70.3 Florianópolis tem repeteco de campeões, com quebra de recordes

em

IRONMAN 70.3 Florianópolis. (Foto: Fábio Falconi/Unlimited Sports)

Os brasileiros Igor Amorelli e Pâmella Oliveira garantiram, neste domingo (28), o bicampeonato do IRONMAN 70.3 Florianópolis, evento que abriu a série de disputas do Circuito IRONMAN no país em 2019. Melhor ainda, ambos quebraram seus próprios recordes mesmo sob chuva na capital catarinense. Igor completou os 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21 km de corrida com o tempo de 3h46min21seg (3h46min46seg no ano passado), enquanto Pâmella fez o percurso em 4h18min34seg (4h23min03seg). Ambos garantiram vaga no IRONMAN 70.3 World Championship 2019, em Nice (França), ao lado de 40 atletas da Faixa Etária.

A segunda edição do IRONMAN 70.3 Florianópolis movimentou a Praia do Ingleses na manhã deste domingo. Mesmo com tempo fechado e chuva fina ao longo de todo o percurso, os triatletas de 15 países, entre Elite e Faixa Etária, esbanjaram determinação e garra na abertura da temporada. O tempo também não afastou o público dentro o Oceania Park Hotel, base do evento, e ao longo dos trechos, vibrando com os desempenhos dos competidores.

Igor Amorelli, detentor de vários títulos do IRONMAN 70.3, adicionou mais um resultado expressivo. Ele foi o segundo a completar a natação, logo atrás de Bruno Matheus, assumindo a ponta da corrida já no ciclismo. O brasileiro abriu em relação ao segundo colocado, a francês Ivan Jarrige e soube, no trecho final de corrida, administrar a vantagem para vencer e melhorar sua própria marca.

“É muito bom voltar a competir depois de um bom tempo e vencer. Eu estava mais preparado do que esperava e estou feliz com o resultado. Agora é retomar os treinos, pois daqui quatro semanas estaremos aqui de novo para o IRONMAN. A preparação para o full está no caminho certo e a vitória aqui foi prova disso. Agora é seguir focado, é bom vencer, mas temos que voltar os treinos, pois o principal ainda está por vir”, declarou Amorelli.

Recorde destruído
Se Igor teve uma performance extremamente positiva para garantir o recorde com 15 segundos a menos que o ano passado, Pâmella Oliveira simplesmente destruiu sua marca anterior baixando 4min29seg. A triatleta capixaba radicada em Balneário Camboriú liderou a prova de ponta a ponta, terminando com grande vantagem sobre a segunda colocada, a paulista de São José do Rio Preto Gisele Bertucci. Depois do bicampeonato no IRONMAN 70.3 Florianópolis, ela focará o IRONMAN Brasil (com distância full – 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida), dia 26 de maio, em Jurerê Internacional.

“É maravilhoso vencer aqui novamente. Eu queria voltar a me sentir como uma quarta colocada do mundo e foi bom, pois me senti assim na natação e na bike nem se fala. Cansei um pouco na corrida, mas faz parte. Estou muito satisfeita e animada para o IRONMAN Brasil. Eu não estava tão ligada na questão do recorde e ouvi a galera gritando e aproveitei para acelerar. É sempre bom elevar o nível das provas”, disse a bicampeã.

Resultados 2019

Masculino
1) Igor Amorelli (BRA), 3h46min21deg
2) Yvan Jarrige (FRA), 3h49min45seg
3) Bruno Matheus (BRA), 3h51min38seg

Feminino
1) Pamella Oliveira (BRA), 4h18min24seg
2) Luiza Cravo (BRA), 4h21min06seg
3) Gisele Bertucci (BRA), 437min58seg

Campeões
2019 – Igor Amorelli (BRA) e Pâmella Oliveira (BRA)
2018 – Igor Amorelli (BRA) e Pâmella Oliveira (BRA)

Calendário IRONMAN 70.3 2019
28/04 – IRONMAN 70.3 Florianópolis – OK
09/06 – IRONMAN 70.3 Fortaleza
04/08 – IRONMAN 70.3 Maceió
22/09 – IRONMAN 70.3 Rio de Janeiro
10/11 – IRONMAN 70.3 São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *