Estrada

Óscar Sevilla vence a Volta a Chiloé; Brasil também foi protagonista em 2019

em

Pódio final da Volta a Chiloé. (Foto: Franco Xavier Videla | Prensa Vuelta a Chiloé)

Chegou ao fim no domingo (10), a edição 2019 da Voelta a Chiloé, no Chile, com um contrarrelógio individual de 11,5 km entre Aldachildo e Puqueldón. A vitória ficou com Óscar Sevilla, que assim, confirmou o título geral da competição com o tempo acumulado de 9h29min29.

O segundo lugar na geral ficou com o chileno Pablo Alarcón (+24 seg) [Canel’s Specialized] e o terceiro foi para colombiano Fabio Duarte (+35 seg), também do Team Medellín.

Em uma edição disputadíssima e com domínio do Team Medellín, o Brasil também fez bonito e foi um dos principais protagonistas, destacando-se, principalmente, na 1ª etapa com a vitória Alessandro Guimarães em um belo sprint, deixando o chileno e vice-campeão geral, Pablo Alarcón, em segundo lugar.

Na classificação geral, o Brasil teve Maurício Knapp (+3min42), como melhor colocado em 16º lugar. Cristian Egídio terminou em 34º; Magno Nazaret (SEP-San Juan), foi o 39º; Rodrigo do Nascimento o 42º; Alessandro Guimarães foi o 49º; Leonardo Finkler terminou em 55º lugar e Rafael Andriato, fechou em 58º lugar.

A Volta a Chiloé 2019 contou com cinco dias de disputa (prólogo, estrada e crono), contou com mais de 100 ciclistas oriundos do Chile, Guatemala, Holanda, Brasil, Colômbia, México, Costa Rica, França e Argentina, em 18 equipes, e que foi iniciada com um prólogo vencido por Sevilla.

RESULTADOS – CRONO E GERAL FINAL

final_chiloe_2019

Recomendado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *