Mountain Bike

Thiago Boaretto é campeão da abertura do Brasil Enduro Series

on

Thiago Boaretto durante a prova em Minas Gerais. (Foto: Rodrigo Philipps / BES)

Thiago Boaretto durante a prova em Minas Gerais. (Foto: Rodrigo Philipps / BES)

O público da região metropolitana de Belo Horizonte conheceu na tarde do domingo (1º) os campeões da primeira etapa do Brasil Enduro Series 2015. A prova de Enduro MTB teve largada na Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima, município tradicional na prática do mountain bike.

Na principal categoria, a pro, quem faturou o título foi o paulista de Santa Bárbara do Oeste, Thiago Boaretto (Specialized Factory Team), seguido de perto pelo mineiro Leonardo Mattioli (Santa Cruz) e pelo catarinense Nataniel Giacomozzi (HUPI Bikes / Isapa / Shimano), atual campeão nacional. André Bretas, de Minas Gerais, e Cristian Bravo (Chile) completaram o pódio.

publicidade

 

A prova em Nova Lima contou com cerca de 25 km de deslocamentos, além de três estágios cronometrados: as especias E1 e E2, ambas com 2,2 km, e a E3, com 2,8 km. “Foi uma competição muito boa. Acredito que meu tempo foi surpreendente. Andei com a S-Works Enduro 29, que se comportou super bem. Não tive nenhum problema mecânico e nem físico. Deu tudo certo e agora sou líder do Brasileiro de Enduro”, comemorou Boaretto. “O evento foi muito bem estruturado, seguindo um padrão do BES, com muitas subidas nas especiais. Faz parte do circuito e temos que encarar. Estou muito feliz com o resultado”, concluiu.

Vice-campeão, o mineiro Leonardo Mattioli ficou 13 segundos atrás de Boaretto, que completou as três especiais em 13min22. “Estou muito satisfeito com meu resultado. Foi uma corrida dura e com deslocamentos longos, que exigiram parte física e técnica. Agradeço a Santa Cruz Bikes e também ao pessoal do Brasil Enduro Series pelo evento de excelente qualidade aqui em Minas”, avaliou Mattioli.

Com cerca de um minuto atrás do vencedor do dia, Nataniel Giacomozzi, atual campeão brasileiro da pro, analisou a disputa. “O evento foi sensacional, com ótima estrutura. Choveu bastante na madrugada. Então as especiais ficaram ótimas para pedalar, com 90% de físico e 10% de técnica. A E3, por exemplo, tinha uma reta de quase 300 m de muito pedal, e acabei pecando fisicamente. A galera da pro anda parecido, e o pedal fez a diferença. Para Pomerode (SC) darei o máximo para recuperar. Imagino que lá será muito Downhill”.

Nas demais categorias, em três delas os atuais campeões brasileiros começaram com tudo a defesa do título, e venceram na abertura: Gustavo Amorim (máster 2), Helio Nassaralla (máster 3) e Robert Marent (sênior). Já nas outras quatro disputas, vencedores ineditos no Brasil Enduro Series: Christoph Mutlitz (expert), Alexandre Simão (máster 1), Rodolfo Tomé (amador) e Raquel Couto (feminino).

Após a abertura em Nova Lima, a segunda etapa, contando pontos para o ranking do BES e também para o Monten Baik Enduro Latam Series, será de 17 a 21 de junho, em Pomerode.

Em agosto, nos dias 15 e 16, Urubici (SC) volta a receber a competição, assim como Itaipava (RJ), que encerrará a temporada nos dias 31 de outubro e 1º de novembro.

RESULTADOS

Pro
1 – Thiago Boaretto
2 – Leandro Mattioli
3 – Nataniel Giacomozzi
4 – André Luiz Bretas
5 – Cristian Bravo

Expert
1 – Christoph Mutlitz
2 – Gustavo Fernandes
3 – Alex Escobar

Máster 1
1 – Alexandre Simão
2 – Marcelo Oliveira
3 – Evandro Dias Jr

Máster 2
1 – Gustavo Henrique Amorim
2 – Andre Melo Silva
3 – Luis Felipe Bastos

Máster 3
1 – Helio Nassaralla
2 – Leonardo Rocha
3 – Caio Salermo

Sênior
1 – Robert Marent
2 – Claudio Dutra
3 – Cristiano Reis

Amador
1 -Rodolfo Tomé dos Santos
2 – Christian dos Santos
3 – Frederico Araújo

Feminino
1 – Raquel Couto
2 – Joana Hornestam
3 – Isabella Ribeiro

Recommended for you

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *