Brasil

Gabriela Yumi conquista bronze inédito para o Brasil na prova Keirin

em

Gabriela na disputa da Keirin. (Foto: Washington Alves/Exemplus/COB)

Considerada uma das principais referencias do Ciclismo de Pista feminino no Brasil, Gabriela Yumi não desapontou o público que compareceu em peso ao Velódromo de Cochabamba na quinta-feira, 31 de maio, e fez uma excelente apresentação, terminando a prova Keirin com a inédita medalha de bronze para o Brasil.

Competindo contra as melhores atletas da América do Sul, a velocista brasileira, de apenas 23 anos, não se intimidou e entrou confiante na briga por medalhas. A final contou com as seis melhores atletas da prova. Gabriela largou no meio do grupo e buscou fazer uma prova consciente, sempre com muita cautela. Nas últimas voltas, a brasileira arrancou forte na tentativa de assumir a liderança da prova, mas acabou perdendo rendimento, garantindo a medalha de bronze e registrando seu nome na história ao conquistar a primeira medalha feminina do Brasil na prova Keirin dos Jogos Sul-Americanos.

“Todas as baterias foram muito apertadas. Cheguei a pensar que ficaria fora da final, mas aos poucos fui conseguindo evoluir bem, mantive a cabeça focada e consegui sair com a medalha de bronze. Estou muito feliz por estar aqui representando a seleção colocando o Brasil mais uma vez no pódio”, comemorou Gabriela.

Gabriela no pódio. (Foto: Divulgação)

As duas primeiras colocações ficaram com a Colômbia. A medalha de ouro foi conquistada pela ciclista Martha Bayona Pineda, enquanto a prata ficou com sua compatriota Diana Maria Orrego.

Para o técnico Emerson Silva, poder estar inserindo uma nova geração de atletas nos pódios das principais competições do continente é muito gratificante e motivador para o crescimento da modalidade.

“Aos poucos estamos conseguindo demonstrar qualidade em um grupo jovem de atletas que tem muito talento. Esses resultados surgindo através dessa nova geração deixa claro que estamos trabalhando no caminho certo. É muito gratificante poder acompanhar esses atletas brigando de igual pra igual contra grandes nomes do nosso esporte e contribuindo com o crescimento da nossa modalidade”, declarou Emerson.

Kacio Freitas na prova de Velocidade Individual. (Foto: CBC/Divulgação)

Os velocistas da equipe masculina também voltaram a competir na quinta, disputando a prova de Velocidade Individual. Kacio Freitas foi um dos destaques e fez uma excelente classificatória chegando até as quartas de final. Flávio Cipriano e João Vitor acabaram ficando nas oitavas.

Nesta sexta (01/05), as ciclistas Gabriela Yumi e Carolina Barbosa competem na prova de Velocidade Individual, enquanto Wellyda Rodrigues disputa a Omnium, prova que contempla quatro corridas no seu programa: Scratch, Tempo Race, Eliminação e Prova Por Pontos.

Recomendado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *