Brasil

Ciclismo do Brasil é bronze na Velocidade por Equipes dos Jogos de Cochabamba

em

Equipe brasileira de velocidade. (Foto: CBC/Divulgação)

O trio de velocistas brasileiros formado pelos ciclistas Flavio Cipriano, Joao Vitor e Kacio Freitas fez bonito na noite desta quarta-feira, 30 de maio, durante a prova de Velocidade por Equipes dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba 2018. O desempenho da equipe garantiu a terceira colocação sobre os argentinos.

“Fiquei muito satisfeito com o resultado, principalmente por estarmos trabalhando com um grupo bastante jovem. A prova foi apertada e desde a fase classificatória sabíamos que seria importante não errar em absolutamente nada para conseguir chegar ao pódio. Acabou tudo dando certo e os meninos estão de parabéns pelo desempenho”, comentou Emerson Silva, técnico da seleção.

Depois de um contratempo na fase inicial, onde os atletas acabaram caindo e danificando parte dos equipamentos, a seleção fez uma prova de recuperação e alcançou a classificação para a medalha de bronze com o tempo de 44s337. Sabendo que precisaria baixar o tempo para brigar pela medalha, os brasileiros aceleraram forte na corrida decisiva e cravaram 43s877 para garantir o terceiro lugar sobre a Argentina. A medalha de ouro ficou com a Colômbia e a prata foi para a Venezuela.

Para Kacio Freitas, homem responsável pela última e decisiva volta na disputa por equipes, o resultado é positivo e vai contribuir muito para o crescimento do grupo como um todo.

“Conquistar uma medalha em um evento desta importância é sempre positivo. Mesmo querendo brigar pela medalha de ouro, sabemos da importância do resultado e estamos todos felizes. Essa medalha vai contribuir para o crescimento do grupo de forma geral, principalmente motivando a continuarmos firme e motivados na disputa”, destacou Cipriano.

Ainda nesta quarta, o Brasil teve a participação do jovem atleta Ricardo Dalamaria, de apenas 19 anos, na prova Omnium, e da dupla Carolina Barbosa e Gabriela Yumi na prova de Velocidade Por Equipes feminina. Ricardo iniciou as primeiras corridas da Omnium um pouco apreensivo, mas aos poucos foi ganhando confiança e fazendo uma prova bastante agressiva. No final, terminou com a sexta posição na classificação geral. Já as meninas da seleção disputaram o bronze contra a Venezuela e finalizaram com a quarta posição.

As competições no velódromo seguem nesta quinta, com a disputa das prova de Keirin Feminino (Gabriela e Carolina) e Velocidade Individual (Flávio, Kacio e João). A programação do ciclismo de Pista segue até o próximo dia 02 de junho.

Recomendado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *