Copa Internacional MTB

MTB: Bronze no Pan-Americano 2016, atleta americana competirá em Araxá

em

Chloe busca pontos UCI para largadas nas etapas de Copa do Mundo
(Foto: Stan’s-Pivot Pro Team)

Com os principais atletas brasileiros e atletas internacionais confirmados, a Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) vai reunir grandes disputas na etapa que abre a temporada da competição em Araxá. O evento acontece entre os dias 13 e 15 de abril e está com as inscrições abertas. Dos Estados Unidos, a atleta Chloe Woodruff (Stan’s-Pivot Pro Team) e o companheiro de equipe Keegan Swenson estão confirmados. Os dois desembarcam na capital do mountain bike em busca dos pontos UCI.

Com 31 anos, Chloe Woodruff está vindo confiante. No último fim de semana a atleta ficou com a 12º colocação na Copa do Mundo da UCI, etapa que aconteceu em Stellenbosch, África do Sul. Em 2016, a americana foi a 3º colocada no Pan-americano de Catamarca, na Argentina, atrás da brasileira Raíza Goulão que ficou com a prata. Raíza ficou em 22º lugar na etapa da Copa do Mundo de Stellenbosch. As duas devem lutar durante os três estágios na CIMTB Levorin para conquistar a vitória geral.

“Raiza Goulão começou a temporada muito bem. Ela é uma concorrente forte e é a favorita do público, com certeza. Além disso, estou muito animada para correr junto com os fãs brasileiros de mountain bike e aprender algumas palavras em português”, comentou a competidora.

Chloe esteve nos Jogos Olímpicos Rio 2016 e disse que jamais vai esquecer a multidão que assistiu à competição de mountain bike. “Parece que o mountain bike está cada dia mais próspero e popular no Brasil. Correr na frente daquela multidão nos Jogos 2016 é uma das minhas recordações mais queridas e por isso estou animada para voltar”, afirmou.

A atleta afirmou que tem planejado voltar ao Brasil desde 2016 e que decidiu vir para a CIMTB Levorin por ser a única competição SHC das Américas. “A CIMTB é a única competição por estágios UCI SHC de toda América e Keegan e eu estamos tentando coletar pontos UCI antes das próximas etapas de Copa do Mundo. Sabemos pouco sobre Araxá, mas não vemos a hora de nos aventurar e experimentar outro tipo de corrida Cross Country. Sou uma grande fã de corridas de curto formato e estou animada com a programação dos estágios”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *