Plantão BK76

Em momento histórico, Funvic disputa simultaneamente duas provas internacionais

em

Funvic durante apresentação na noite desta segunda-feira (9), na Turquia. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

A Funvic/Brasil Pro Cycling começa nesta terça-feira (10), a disputa simultânea de duas provas internacionais. Pelo calendário World Tour, oito ciclistas comandados pelo diretor Benedito Tadeu Júnior e pelo técnico Francisco Manzo, irão disputar a 53ª edição do Tour da Turquia, enquanto que na China, mais seis ciclistas, comandados pelo técnico Otávio Bulgarelli, estará na disputa da edição 2017 do Tour de Taihu Lake, competição integrante do calendário asiático na classe UCI 2.1

Funvic na Turquia. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

“É um momento histórico para a equipe. Estaremos, ao mesmo tempo, disputando duas provas importantes do calendário mundial, uma na Turquia e outra na China. Estamos felizes, pois isso só está sendo possível graças a muito trabalho, um trabalho que envolve muita gente, sério e dedicado”, enfatiza o diretor da equipe.

Na Turquia, a Funvic terá pela frente seis etapas e mais de 1000 km de prova. A etapa inicial terá início em Alanya e chegada em Kemer, depois do pelotão percorrer 177 km. Neste ano, a competição se encerrará em Istambul, onde serão conhecidos todos os campeões de 2017.

A Funvic irá disputar a 53ª edição do Tour da Turquia com os ciclistas Roberto Silva; Murilo Affonso; Flávio Santos; Pedro Nicácio; Victor Ranghetti; Raphael Pires; Lincoln Silva e o espanhol Jordi Simón.

Ciclistas da Funvic na disputa do Tour de Taihu Lake. (Foto: Divulgação)

Já na China, um contrarrelógio individual de 5,3 km abrirá a competição em Wuxi. Depois o pelotão enfrentará mais sete etapas de estrada.

“Eu acredito que vamos brigar forte na categoria Sub23 e também temos o Magno para a disputa na geral e o Chamorro buscar bons resultados no sprint. Estamos bem adaptados e esperamos fazer uma boa prova”, afirma Bulgarelli.

Na China, a equipe participa do Tour com os ciclistas Caio Godoy, André Gohr, Gabriel Silva, André Almeida, Francisco Chamorro e Magno Nazaret.

Recomendado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *