Mountain Bike

Mario Antonio Veríssimo é vice-campeão da Taça Brasil de XCO em Goiânia

em

Pódio da Taça Brasil de XCO (Divulgação)

Os atletas do Shimano Sports Team dominaram o pódio da etapa de Goiânia da Taça Brasil de XCO, realizada neste domingo (25). O principal destaque foi o goiano Mario Antonio Veríssimo (Team Oggi/Isapa), vice-campeão da disputa vencida por Luiz Cocuzzi. Completaram o top 5 os ciclistas Sherman Trezza (Caloi Elite Team), na terceira posição, e Guilherme Muller e Rubinho Valeriano, ambos da Sense Factory Racing, em quarto e quinto lugares, respectivamente.

Natural de Goianésia (GO), Mario Antonio Veríssimo relatou como foi a disputa realizada na pista de mountain bike do Paço Municipal, com pouco mais de 6km de extensão. “Larguei na terceira fila, mas consegui entrar na trilha já em terceiro lugar. O ritmo estava alucinante e eu sabia do desgaste nas cinco voltas, porque é o circuito em que treino e conheço bem. Formamos um grupo de quatro atletas na perseguição ao primeiro, o Luiz Cocuzzi. Na segunda volta, ficamos em três. E na seguinte levei uma queda, que arrebentou meu cabo hidráulico da suspensão. Por isso, tive que ir até o final com o garfo travado”, destacou Mario Antonio, atleta de Goianésia (GO).

publicidade


“Na volta final, o Sherman lançou um ataque dentro da mata e fiquei na perseguição dele, embora também estivesse preocupado com o Guilherme, que estava na roda. Saímos da mata para a subida do ponto de apoio, vi o Sherman e comecei a dar tudo que eu tinha. Consegui passar e fui além do limite, para fechar em segundo, bem próximo do Cocuzzi. Estou super feliz, porque não vinha bem depois de duas provas. Mas é isso, quem acredita pode alcançar seus sonhos. Obrigado a todos pela grande torcida. Tentei ao máximo defender nossa cidade e nosso estado de Goiás”, complementou Veríssimo.

Mais resultados – Outros dois ciclistas subiram no pódio da super elite masculina em Goiânia. Enquanto Wolfgang Soares (Caloi Elite Team) foi o sexto colocado, Mario Couto (Sense Factory Racing) completou na décima posição, além de ter sido o vice-campeão da sub-23, categoria vencida por Erick Bruske. Ainda na sub-23, Luiz Renato Borges (Team Oggi/Isapa) foi o quinto, João Pedro Firmeza (AVA Project), o sexto, e Jefferson Batista, o 11º. Na super elite feminina, Karen Olimpio (Team Oggi/Isapa) foi a terceira colocada e Danielle Moares (AVA Project), a quinta. Karen levou ainda o título da sub-23, com Danielle em segundo.

Desafio de Itapopo – O catarinense Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) concluiu o sexto final de semana consecutivo de competições com mais uma vitória na tempora. Pscheidt conquistou o título do Desafio Itapopo de MTB, uma maratona de 80km na cidade de Ponta Porã (MS), na divisa com o Paraguai. “Apesar do percurso não ter muita elevação ou dificuldade técnica, o desafio maior foi o vento cruzado e a dinâmica da prova, que se assemelhou a uma disputa de ciclismo de estrada, com os atletas rodando em pelotão e realizando muitas fugas. Chegamos com um grupo de aproximadamente 10 ciclistas na entrada da única trilha do circuito, que ficava a cerca de 5km da chegada”, contou Pscheidt.

“Foi neste trecho final em que acelerei e consegui escapar dos demais atletas, sendo acompanhado apenas por Gesiel Nunes, ciclista de Goiás, um dos favoritos à vitória. Fomos juntos até a chegada, onde acabei vencendo no sprint. Com essa vitória, encerro um ciclo de seis semanas seguidas de provas duras. Agora é recuperar e focar no Campeonato Brasileiro de XCO, que será realizado daqui a 20 dias, no Espirito Santo”, concluiu o catarinense, que tem sua bike equipada com o grupo Shimano XTR Di2 de transmissão de marchas eletrônica.

Maratona 100km dos Canaviais – A mineira Laura Mira competiu na 14ª edição da Maratona 100km dos Canaviais, realizada neste domingo, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Adotando a melhor estratégia para encarar os mais de 2.000 metros de altiimetria acumulada, Laura conseguiu garantir o vice-campeonato com muito esforço, em 4h e 35 minutos. “A prova foi bem dura. Até o km 30, o ritmo foi intenso, com várias ultrapassagens e ataques na busca por posições. Por ser um disputa longa, de 100km, sabia da necessidade de me manter forte e sólida do início ao fim”, contou a atleta.

“Do quilômetro 30 ao 50, encaixei minha prova e consegui buscar boas posições. Cheguei ao segundo lugar e encostei na primeira colocada, mas ela conseguiu escapar. Após o km 80, estava no meu limite, mas consegui vencer o cansaço físico e psicológico. O sofrimento foi grande, por pedalar sozinha com a cara no vento. Segurei bem as pontas e cruzei a linha de chegada para ser a vice-campeã. Estou muito feliz com meu desempenho”, finalizou.

Weber Shimano Ladies Power – A equipe Weber Shimano Ladies Power encerrou, neste fim de semana, mais uma importante competição na temporada de provas nos EUA. O desafio desta vez foi o Tour of America’s Dairyland, realizado entre quarta-feira (21) e domingo (25), em Wisconsin. Mais uma vez o grande destaque do time foi a cubana Marlies Mejías, com quatro pódios em cinco corridas, sendo três segundos lugares e uma vitória.

Após duas segundas colocações nos dois primeiros dias, na Race The Harbor Criterium e na Shorewood Criterium Cycling Classic, Marlies venceu na sexta-feira (23) a Café Centraal Bay View Classic. No sábado, a cubana se destacou outra vez, com o segundo lugar na IS Corp Otto Wenz Downer Classic de Milwaukee. Mesmo sem subir ao pódio da última corrida, a East Tosa Gran Prix, a Weber Shimano Ladies Power encerrou o Tour como um dos grandes destaques do evento.

Recomendado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *