Mountain Bike

Letícia Cândido vence a short track da CIMTB; Cocuzzi vence, mas é desclassificado

em

Letícia Cândido venceu a prova entre as mulheres. (Foto: Thiago Lemos/CIMTB)

A poeira levantou na prova de Short Track da Elite Feminina na Campus Tancredo de Almeida Neves da Universidade Federal de São João del-Rei (Ctan-UFSJ). A prova foi na tarde do domingo (11) e a força de Letícia Cândido (TSW Team Racing) e Erika Gramiscelli (Gramiscelli Bikes) levaram as duas a repetirem o feito do primeiro dia da competição.

A campeã conseguiu abrir uma vantagem em relação ao pelotão, mas mesmo assim, ressaltou que provas de formato Short Track são sempre desafiantes para ela que prefere o Cross Country Olímpico. “Esse tipo de prova é sempre um desafio, não é minha característica, mas eu vim confiante com a intenção de fazer força do início ao fim, não diminui meu ritmo em nenhum momento”, afirmou.

Com a experiência de cerca de 20 anos no mountain bike, a vice Erika Gramiscelli afirmou que gosta de provas explosivas. “Eu estou há mais de 15 anos nesse evento e o resultado não é nenhuma surpresa para mim, nem o do XCO e nem o de hoje. A prova exige muita concentração porque a pista exige muita mudança de marcha. Este ano a competição está sensacional, porque está exigindo o físico e a técnica. É tudo muito intenso”, finalizou.

Completaram o pódio:
Karen Olimpio (Team/Isapa/Oggi)
Maria Fernanda Castro Gonzalez (Infinito Chile)
Sofia Subtil (Audax/FSA/OBC)
Isabella Ribeiro (Specialized Racing Br)
Danilas Ferreira Da Silva (Polo Olimpico Sest Senat)
Valeria Garcia Ruiz (Peñas Blancas Colombia)
Pilar Andrea Corvalan Bustos (Santiago Chile MTB)
Tania Clair Pickler Negherbon (Free Force/Soul Cycles)

Prova masculina. (Foto: iago Lemos/CIMTB)

Elite Masculina
Luiz Henrique Cocuzzi (Equipe Lar/Scott/Kuruma/KMC/Penks) cruzou a linha de chegada em primeira colocação, seguido de Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing). Porém, houve um desentendimento entre os dois participantes. O fato foi avaliado pelo comissário convocado pela União Ciclística Internacional, Felipe Cunha de Almeida, que decidiu pela eliminação de Luiz Henrique Cocuzzi e por uma multa a Henrique Avancini. Com isso, Henrique Avancini ficou com a primeira colocação e Sherman Trezza (Caloi Elite Team) foi o vice-campeão.

Em seu perfil no Instagram, Cocuzzi comentou sobre o ocorrido durante a prova.

Hoje tivemos um dia muito satisfatório se não fosse o grande desconforto que tivemos por parte do atleta que esperamos exemplo de esportividade. Infelizmente mesmo vencendo a competição no Short track, fui desclassificado injustamente por conta de uma acusação infundada. Era a última volta e no meio do percurso o 2° colocado vendo que não havia chances de ultrapassagem, simplesmente optou em me derrubar. Houve discussões, e cada um pegou sua bike e seguiu a prova. Na chegada sofri ofensas verbais cujo minha índole não convém falar. Logo fui chamado ao anti-doping e soube que havia sido desclassificado com uma acusação de ter agredido o atleta, não a oportunidade de defesa, visto que a decisão havia sido tomada com base na sua declaração, desconsiderando os atletas presentes no momento. O fato é que me envergonho nesse momento de estar envolvido num assunto assim, não necessito disso, segundo que um atleta olímpico ter a discrepância de uma sujeira dessas, a sua fama fala por aí entre os atletas de Elite. Saio de cabeça erguida, pois para mim competir é você dar o seu melhor, alcançar os resultados com sua própria força sem trapaças, jogo sujo e mentiras. Agradeço a todos pela torcida e apoio, não desisto!!! Próximas virão!!!! #EquipeLar #ScottBrasil #Penks #kmc #CaduPolazzo #ActionButter #Kuruma #Cocuzzi #teraproxima #jogolimpo

Uma publicação compartilhada por Luiz Cocuzzi (@luizcocuzzi) em

Já Avancini, não comentou o assunto em seu perfil, apenas comemorou a vitória.

Completaram o pódio:
Guilherme Gotardelo Muller (Sense Factory Racing)
Rubens Donizete Valeriano (Sense Factory Racing)
Mario Couto Grego Santos (Sense Factory Racing)
Halysson Henrique Ferreira (Focus Team Brasil)
Daniel Grossi Soares De Souza (Groove Bikes / Chaoyang Pneus / Shimano / Asw)
Jefferson Batista Flores Da Silva (Ava Project Ava Project)
Bruno Martins Lemes (Projeto Olímpico Mtb)
Wolfgang Soares Olsen (Caloi Elite Team)

Recomendado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *