Mountain Bike

Sabrina Gobbo e Laura Mira conquistam pódio no XTerra Argentina

em

Pódio feminino em Ullúm (Divulgação)

As atletas Shimano tiveram boa performance em duas provas realizadas na Argentina neste fim de semana. Na etapa do Tour XTerra Pan-Americano, a primeira de dez disputas do evento na temporada, Sabrina Gobbo e Laura Mira conquistaram o pódio em Ullúm, na província de San Juan, com o quarto e quinto lugares, respectivamente.

O top 5 feminino do XTerra Argentina foi dominado por atletas estrangeiras. Além de Sabrina e Laura, a campeã Suzie Snyder (EUA), a vice Morgane Riou (FRA) e Kara LaPoint (EUA) completaram o pódio. Entre os homens, a vitória foi do triatleta local Gonzalo Tellechea. “Meu corpo estava muito mais obediente em relação a minha estreia na temporada, no XTerra Camp Ibitipoca. Me senti bem e fiquei feliz pela quarta colocação. A prova foi super quente, mas muito bacana e em um lugar lindo. Por muito pouco não alcanço a Kara na briga pelo terceiro lugar”, destacou a campineira Sabrina Gobbo, atleta que compete com sua bike Trek equipada com o grupo Shimano XTR Di2 de transmissão eletrônica de marchas.

O resultado também foi positivo para Laura Mira. Ela saiu da água em terceiro lugar, para somente ser ultrapassada por Kara LaPoint e Sabrina Gobbo no mountain bike. “A prova foi espetacular. Muito difícil e dura. Na natação fui muito bem, com cerca de 1.800m sem correnteza ou ondas, a bike realmente foi divertida e técnica como eu imagina, areia solta e quente, e a corrida dura demais”, avaliou a triatleta de Lavras (MG), que utilizou sua Oggi Agile Carbon com os componentes Shimano do grupo XT.

“Fiz uma prova redonda e a considero perfeita em relação ao que planejei. Buscava um lugar no pódio e saí de lá muito contente com meu resultado, após chegar a ser terceira ao término da natação. A Kara e a Sabrina só me ultrapassaram por volta do quilômetro quatro do mountain bike, que tinha um total de 30 km. No fim, os 9,5 km da corrida de montanha chegaram a ser brutais, porque o terreno era muito arenoso e o calor era bem forte”, completou Laura Mira.

Recomendado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *